Open/Close Menu Sinam Itu - Sistema Nacional de Atendimento Médico não é um Plano de Saúde. Trata-se de um projeto alternativo para atendimento à saúde da população brasileira, criado pela Associação Médica Brasileira. O princípio básico do sistema é o pagamento direto do usuário ao prestador de serviços, sem intermediários, em valores referenciados na Lista de Procedimentos Médicos da AMB (LPM) – Edição que estiver em vigor. Não há cobrança de mensalidade ou anuidade. Qualquer cidadão pode participar do SINAM , não havendo restrições por idade ou doenças pré-existentes. Ao se cadastrar no SINAM, o usuário recebe Cartões de Identificação, para si e para seus dependentes e adquire um Manual Informativo. Quando precisar de atendimento médico, basta escolher entre os prestadores de serviços cadastrados, o profissional de sua preferência, pagando no ato da consulta médica o valor referenciado na LPM da AMB para a consulta médica. Caso necessite de exames, basta consultar no Manual o laboratóri o ou clínica especializada de sua preferência, pagando a eles pelos exames, também de acordo com os valores previstos na LPM, cujos preços são menores que os praticados pelo atendimento particular. Além dos médicos, clínica am do outras categorias profissionais da área da saúde que são dentistas, psicólogos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos. Para estes profissionais o firmou protocolo com os respectivos órgãos de classe, no sentido da utilização de um referencial de honorários bem acessível. O SINAM proporciona interligação dentro do sistema, com diversas especialidades (clínicas, diagnose e terapia), segundo os mesmos princípios, facilitando o tratamento e diminuindo os custos. Em todo território nacional, o usuário do SINAM pode contar com ampla rede de serviços médicos especializados e de outras categorias profissionais. Portanto, quando viajar leve consigo o Cartão de Identificação do SINAM . Para saber quais os serviços médicos fora do seu estado de origem, ligue para a Central de Atendimento Sinam.
5-dicas-para-chegar-aos-100-anos-com-saude-300x223

Sabe aquela história de que tudo o que consumimos reflete diretamente na nossa saúde? Pois bem, isso é verdade. Manter hábitos alimentares equilibrados e evitar o consumo de produtos industrializados na juventude é um fator essencial para chegar à terceira idade com muito mais vigor, energia e livre de algumas doenças como diabetes, hipertensão e colesterol alto.

Mas não é apenas com a alimentação que é necessária cautela. Ter um estilo de vida saudável todos os dias é imprescindível para conseguir chegar aos 100 anos com saúde física e mental e de bem com o seu corpo. E como nunca é tarde para realizar mudanças na vida, que tal começar a fazê-las agora?

A primeira medida a ser tomada é em relação aos exames de rotinas. Muitos deixam de realizá-los anualmente. Porém, alguns exames devem fazer presença marcada durante toda a vida do homem e da mulher como o exame de glicemia, hemograma, triglicerídeos, colesterol total e exame de urina, já que ajudam a identificar se está tudo em ordem com o seu organismo.

Aliás, o famoso check-up anual é ainda mais importante quando o indivíduo passa dos 40 anos, pois nessa faixa etária são maiores os riscos de desenvolver doenças que apresentam poucos sintomas e que só são diagnosticadas quando estão em estágio muito avançado. Dessa forma, o exame ajudará a detectar alterações nas células do corpo, diminuirá as chances de infarto ou acidente vascular cerebral (AVC), incidência de tumores, entre outras doenças crônicas.

A receita do envelhecimento com saúde
Certamente, a receita para envelhecer com saúde está refletida nas escolhas feitas ao longo dos anos. Por isso, quanto mais cedo os bons hábitos forem adquiridos, maiores são as chances de chegar à maturidade com saúde. Confira cinco atitudes para envelhecer bem:

1. Pratique atividades físicas: não é só benefícios à silhueta que os exercícios trazem. Segundo a Organização Mundial da Saúde, as atividades ajudam a prevenir doenças da terceira idade como osteoporose, problemas cardíacos e, por causa dos níveis de serotonina que se elevam durante a prática, uma substância que melhora o humor, ajudam a prevenir a depressão.

2. Exercite o seu cérebro: todo mundo sabe que uma boa leitura promove relaxamento e ajuda a estimular o raciocínio, mas, além desses benefícios, ler livros ajuda a manter o cérebro sempre ativo, prevenindo a perda de memória. Jogos de videogames ou de raciocínio também melhoram a memória.

3. Durma corretamente: dormir pouco todos os dias pode envelhecer o cérebro, pois acelera a velocidade do declínio cognitivo, além de afetar no raciocínio. Aliás, a privação do sono pode ainda atrapalhar a concentração durante as tarefas e atrapalhar o bom funcionamento do metabolismo, agravando, dessa forma, em um aumento do peso corporal. O ideal é descansar oito horas por noite.

4. Aumente a ingestão de água: a água é o nutriente mais abundante no corpo, sendo que ela desempenha papeis fundamentais no nosso corpo. Algumas das funções são: transportar nutrientes para as células, regular a temperatura corporal, atua nos processos fisiológicos de digestão, absorção e secreção, protege de infecções e ajuda a eliminar toxinas por meio da urina. Por isso a indicação é que sejam consumidos, no mínimo, dois litros de água diariamente – o que representa oito copos de água diariamente.

5. Evite o tabagismo e a ingestão demasiada de bebidas alcoólicas: o álcool etílico diminui a quantidade de vitamina A no organismo, agravando no aparecimento de rugas e linhas de expressão. Já o cigarro reduz o fluxo sanguíneo afetando na oxigenação dos tecidos da pele. Além disso, como o álcool e o tabagismo provocam danos nas células saudáveis do corpo, elevam as chances de doenças como diabetes, hipertensão e problemas neurológicos como o Mal de Parkinson. Sendo assim, é bom deixar esses vícios de lado.

Anotou as dicas? Então não perca tempo. Mude hoje mesmo suas atitudes e tenha uma vida mais saudável!

11 4024-3396 - Av. Tiradentes, 451 – Ed. Nova Center, 8ºA, Itu-SP

rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide